Marina e Ulay

Uma das coisas que mais me tocou nesses últimos dias foi o reencontro de Marina Abramovic e Ulay.

Marina Abramovic é uma artista que trabalha com performance, um estilo de arte contemporânea que pode contar com a participação de pessoas. Não é um teatro, está mais para uma experiência. Numa das performances recentes, ela compartilha um minuto de silêncio com pessoas que se sentam à sua frente, numa galeria de arte. Uma pessoa por vez.

Li que Ulay foi seu namorado nos anos 70 e que eles faziam performances juntos. Depois de cinco anos de relação, os dois decidiram se separar e então combinaram que caminhariam pela muralha da China, cada um saindo de uma ponta, até se encontrarem no meio do caminho para dar um abraço e não se verem mais.

Na performance do minuto de silêncio, sem aviso prévio, Ulay se sentou na cadeira à frente de Marina e assim compartilharam seu minuto, 23 anos depois.

Como o aluno que levanta a mão e pergunta à professora aquela dúvida boba que todos tiveram, Marina experimentou na minha frente a sua emoção pelo reencontro e me emocionando com ela, saí mais leve desse lado.

Obrigado Marina Abramovic!

Advertisements

One response to “Marina e Ulay

  1. Pingback: Marina e Ulay (Geraldo Rodrigues) #luto | Prainha.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s